Search

Vai para a Noruega?


Saiba o que fazer antes de ir e quando cá chegar. Sair do nosso país envolve muita coragem, sacrifício e espírito de aventura.

 

Antes de viajar


Já vem com emprego na Noruega? Não saia daí sem assinar contrato e saber todas as condições, regalias e impostos a pagar. Trate do seguro europeu de saúde, e se possível faça um seguro de viagens básico, que cubra atrasos na viagem e custos com perda de bagagem.

Faça uma exploração online pelo google maps da cidade para onde vai. Ja tem alojamento? Veja a distância entre o trabalho e o alojamento.

Se está verde nestas coisas da Noruega, saiba que:


- Faça a tradução de todos os seus documentos para ingles ou noruegues. Certidões de casamento, nascimento, certificados de habilitação e diplomas. Cartão de vacinas, licenças para exercer a sua profissão, etc. Tudo traduzido, notarizado e apostilado.


- Tem de se registrar na polícia. Faça marcação no site da UDI, a espera pode ser longa e só terá o seu número de contribuinte (peça aqui) depois de estar registrado. Tem de registrar toda a família. Só pode abrir conta bancária e receber salário depois de ter estes dois registos efectuados. A espera pode ser de entre 3 a 6 semanas dependendo da cidade para onde vai, por isso, faça a marcação online!


- Faça uma busca de alojamento no Finn.no e faça marcacão para ver o apartamento/casa. Aqui o senhorio ou imobiliária marca um ou dois dias para se ver o alojamento, os interessados submetem um requerimento e explicam quem são, o que fazem e quais os planos sobre o futuro em relação ao alojamento. O senhorio escolhe o inquilino depois de avaliar esses dados. Lembre-se que só pode assinar contrato se tiver o número de contribuinte. Esteja preparado para pagar 3 meses de renda como depósito, normalmente depositado numa conta no banco sem acesso por parte do senhorio ou inquilino. Explico mais sobre o assunto na altura de assinar contrato. Não se esqueça do seu contrato de trabalho e recomendação do empregador, se não tiver nenhum conhecido na Noruega.

 

Chegou e agora?


- Escola: Se souber onde vai morar, antes de sair do país, ligue para a kommune para onde vai viver e procure saber quais escolas da área de residência se aplicam aos seus filhos. Se já cá está, pode-se dirigir directamente à escola mais próxima e fale com o director. Terá de fazer um requerimento online, mas saiba já que todas as crianças e jovens que chegam sem falar a língua, são colocados numa turma de introdução à língua e cultura norueguesa. O aluno entra para o ano em que está/estava em Portugal (e outros países lusófonos), só que o foco é a língua e cultura. Regra geral, em seis meses o aluno passa para uma turma normal, excluindo excepções.


- Creche (Barnehage): O mesmo se aplica em relação à área de residência, até por uma questão de conforto de pais e filhos. O ano escolar começa em Agosto, e todas as crianças têm direito garantido à creche na altura em que fazem 1 ano até Novembro (de janeiro a Novembro, tem lugar garantido a partir de Agosto ou da data em que completam o ano). Se tiver nascido depois de Novembro, pode se inscrever e poderá ter ou não lugar, dependendo da capacidade. Se tiver mais do que um filho, e tiver chegado a meio do ano, ou não tiver feito a candidatura até 01 de Março, pode não ter lugar e tiver que ficar a espera de vaga, conseguir vaga só para uma das crianças ou ter os miúdos colocados em creches diferentes. É importante referir que as kommunes fazem os possíveis para manter os irmãos na mesma creche. E se já tiver um irmão colocado, o outro tem prioridade em relação às outras crianças sem irmãos. Nas grandes cidades é mais difícil de encontrar lugar do que em cidades pequenas, por exemplo Drammen tem capacidade para todas as crianças!


Médico de família: Assim que lhe é atribuído um número de contribuinte, é lhe atribuído um médico. Havendo vagas, as famílias são colocadas juntas, isto é, ficam com o mesmo médico de família. Pode mudar de médico até 2 vezes por ano aqui.


Registro no centro de saúde para grávidas e crianças até aos 5 anos: Independentemente de ter número de contribuinte, pode-se registrar condicionalmente no centro de saúde da sua área de residência.

As vacinas são grátis e são aplicadas pela/o enfermeira/o da criança. Receberá uma carta em casa a informar a data das vacinas. Lembre-se de levar o cartão de vacinas de Portugal.

As grávidas são seguidas por uma enfermeira obstetra (com mestrado em obstetrícia 3+2 anos). Pode sempre escolher ser seguida pelo médico de família. Tanto a enfermeira obstetra como o médico de família podem enviar-lhe para um especialista em caso de alguma complicação, ou se sentir que precisa de ser vista por um. Nesse caso, irá ser vista no hospital onde terá o bebé.


Há muito a escrever sobre o que fazer quando chegar, mas não cabe tudo num post. Fiquem atentos, continuarei a falar sobre a vida na Noruega do ponto de vista parental.

6 views0 comments

Recent Posts

See All